Acordo coletivo não pode dispensar marcação de ponto do trabalhador, fixa TST

A obrigatoriedade do registro manual, mecânico ou eletrônico da hora de entrada e de saída dos empregados de estabelecimentos com mais de dez trabalhadores, é norma

Leia mais em http://www.contabeis.com.br/noticias/31525/acordo-coletivo-nao-pode-dispensar-marcacao-de-ponto-do-trabalhador-fixa-tst/

Source: Contábeis



Deixe uma resposta